Papada: o que fazer para disfarçar e melhorar o aspecto da pele

Papada: o que fazer para disfarçar e melhorar o aspecto da pele

Papada: o que fazer para disfarçar e melhorar o aspecto da pele

Papada, você se incomoda com ela? Com a aparência das suas bochechas ou com o seu contorno facial? Saiba que você não é a única (o) e a boa notícia é que existem diversas opções de procedimentos não invasivos que podem auxiliar no realce da sua beleza natural.

Afinal, o que é a papada?

É aquela famosa sobra de pele que aparece logo abaixo do queixo. Também conhecida por  papo ou queixo duplo, surge devido à concentração de gordura localizada ou flacidez.

Todos podem desenvolver papada?

Sim! 

É comum que ela apareça com mais visibilidade entre os 35 – 40 anos, que é quando a pele naturalmente começa a ficar flácida devido ao envelhecimento. De todo modo, não é incomum que ocorra em pacientes mais novos que tenham predisposição genética ou que passaram por um processo de emagrecimento.

Qual melhor tratamento para redução da papada?

Muitos médicos (as) indicam tratamentos de lifting facial que atuam diretamente na jovialidade do rosto, realçando ou retomando uma melhor aparência. Era muito comum que a primeira opção de muitos pacientes fosse uma cirurgia para que resolvessem esse problema porém, graças a novas tecnologias disponíveis, procedimentos não invasivos ganham cada vez mais espaço e passaram a ser cada vez mais indicados nas clínicas e consultórios dermatológicos, e um dos tratamentos mais usados para lifting facial atualmente é com o ultrassom microfocado.

Liftera é uma excelente opção para seu tratamento, é a nova geração de ultrassom microfocado digital que chegou a pouco tempo no Brasil e já é utilizado em grandes clínicas de dermatologia dentro de protocolos e opções de procedimentos estéticos. Liftera atua estimulando a produção de novo colágeno e elastina e graças a sua inovadora Caneta Liftera que consegue alcançar todos os formatos e curvas faciais e corporais, sem causar riscos ou dor ao paciente.

Para conhecer um pouco mais sobre todas as indicações, clique aqui.

Lembre-se: O tratamento com Liftera não é invasivo e é indicado para suavizar e ressaltar a beleza natural. A prevenção é muito importante para retardar o aparecimento de flacidez.

Algumas dicas para que você tenha sempre uma pele saudável:

  • Ao optar pelo procedimento de lifting facial, procure por profissionais atualizados e que se preocupam em oferecer a melhor tecnologia e conforto para você. A quantidade de sessões deverá ser estipulado por ele (a) de acordo com os objetivos a serem alcançados.
  • Se mantenha hidratado (a)!
  • Tenha uma rotina de exercícios físicos.
  • Se estiver em processo de emagrecimento, procure um profissional.
  • Cuide de sua pele diariamente.

Siga nossa página no instagram e fique por dentro de nossos conteúdos mais atualizados.

Photo by Shot by Cerqueira on Unsplash

Conteúdo relacionado

Conheça Liftera – tecnologia pioneira em tratamentos dermatológicos personalizados para corpo e rosto

Os procedimentos estéticos e dermatológicos não-invasivos são destaques nos consultórios médicos, pois além de indolores, o paciente consegue ver resultados…

Novas tecnologias na área da dermatologia prometem revolucionar os tratamentos estéticos

Tratamentos não invasivos e de rápida recuperação são os mais buscados pelos pacientes Há alguns anos, quando se falava em…

Mitos e verdades sobre o Ultrassom Microfocado

O ultrassom microfocado é um procedimento bastante comum no mundo da dermatologia, mas que ainda gera muitas dúvidas nos pacientes.…

Tratamentos dermatológicos combinados – Como as tecnologias podem auxiliar em ótimos resultados

Beleza e dermatologia andam lado a lado desde sempre. Na busca pela harmonização e simetria do rosto, os procedimentos dermatológicos…